Sobre a ABAI

Quem somos

ABAI – Associação Brasileira de Argamassa Industrializada, fundada em 10 de dezembro de 2002, é uma Associação Civil, de âmbito nacional, com fins não econômicos e de duração indeterminada, com o propósito de contribuir para a solidariedade entre os associados, representando-os e defendendo os seus interesses, promover as Argamassas industrializadas junto de prescritores, donos de obra, projetistas, comerciantes, empresas de construção, empresas de fiscalização e aplicadores e contribuir para a manutenção dos níveis de qualidade exigidos para os produtos de construção.

Nossos associados dividem-se em cinco categorias:

a) Fundadores;
b) Contribuintes produtores;
c) Contribuintes não produtores;
d) Correspondentes, e
e) Honorários.

Na categoria associados fundadores enquadram-se todas as empresas produtoras de argamassa industrializada que subscreveram o estatuto original.
Na categoria associados contribuintes produtores enquadram-se as empresas produtoras de argamassa industrializada admitidas posteriormente à subscrição do estatuto original.
Na categoria associados contribuintes não produtores enquadram-se as empresas que não são produtoras de argamassa industrializada, mas mantêm vínculo ou exercem atividades de produção ou fornecimento de materiais ligados aos objetivos da Associação.
Na categoria associados correspondentes enquadram-se todos os interessados em assuntos relativos à argamassa industrializada, bem como associações e entidades similares nacionais e estrangeiras.
Na categoria associados honorários enquadram-se as pessoas físicas cujo merecimento tenha sido reconhecido por mais de dois terços (2/3) dos membros da Diretoria.

 

Nossos objetivos

A ABAI tem como principais objetivos:

a) Congregar todos os que no Brasil dediquem suas atividades à tecnologia da argamassa industrializada, em qualquer de seus ramos;
b) Divulgar amplamente a argamassa produzida em fábrica junto aos intervenientes na Construção, ensejando sua valorização, orientação sua aplicabilidade e consumo;
c) Promover e estimular a pesquisa científica e tecnológica no setor, interna ou externamente, fomentando e empreendendo estudos, visando o aprimoramento dos processos de produção e melhoria de qualidade do produto e ainda promover congressos, simpósios, reuniões técnicas, seminários, publicações, programas, a fim de que sejam debatidos assuntos de interesse para o desenvolvimento da fabricação e consumo da argamassa industrializada;
d) Atuar permanentemente junto à ABNT e demais organismos normalizadores, fornecendo subsídios na elaboração e revisão de normas propostas, visando resguardar os interesses diretos das associadas;
e) Representar suas associadas produtoras de argamassa industrializada, junto a revendedores, comerciantes e construtoras, inclusive em relação à legislação de defesa do consumidor e nas ações civis públicas, nos limites previstos em lei e de acordo com os princípios defendidos neste Estatuto;
f) Colaborar com o Estado e com as instituições representativas dos trabalhadores e com outras associações empresariais no desenvolvimento técnico, econômico e social, no intuito de promover a estruturação setorial, a capacidade empresarial e a melhor qualidade dos produtos do setor que representa;
g) Criar, quando necessário, comissões especializadas em assuntos de interesse da indústria, para assessorar em suas deliberações;
h) Representar, no Brasil, associações congêneres do exterior, em decorrência de intercâmbio técnico-cultural.